“Em uma noite do outono de 2003, o universitário de Harvard e programador genial Mark Zuckerberg senta-se em seu computador e começa, inspirado, a trabalhar em uma nova idéia. O que tem início em seu dormitório se transforma em uma rede social global que vai revolucionar a comunicação. Em apenas seis anos e 500 milhões de amigos mais tarde, Mark Zuckerberg é o mais jovem bilionário da história… Mas para este empresário, o sucesso traz complicações pessoais e legais. Do diretor David Fincher e do roteirista Aaron Sorkin, A Rede Social é um filme que prova que não é possível chegar a a 500 milhões de amigos sem fazer alguns inimigos”.
Essa é a sinopse oficial do Filme  A rede social que conta a história do facebook.
Engana-se quem pensa que vai assistir uma filme “nerd”, no filme o que menos interessa é como a rede social foi criada. David Fincher, diretor dos filmes “O Curioso Caso de Benjamin Button” e de “Clube da Luta”, nos conta uma envolvente história, sobre poder, caráter e sobretudo dinheiro,
O que era pra ser uma simples vingança acaba transformando Mark Zuckerberg um dos mais jovens bilionários do mundo. Ele acaba metido  em dois processos, em um eles ele é acusado de roubo de propriedade intelectual, mas não conseguimos ficar com dó dele em momento algum, o filme de maneira nenhuma se mostra tendencioso.
Jesse Eisemberg é quem interpreta Mark Zuckerberg, uns dos criadores do facebook, e muito bem diga-se depassagem, assim como Justin Timberlake que interpreta Sean Parker um dos criadores do Napster. A trilha sono dá um tom perfeito para a trama.
Adaptado do livro “Bilionários por Acaso: a Fundação do Facebook, uma História de Sexo, dinheiro, Genialidade e Traição” de Mezrich.o filme levanta temas sobre, o tempo, a complexidade do ser humano, a realidade, a exposição e falta de privacidade que as pessoas viivem na internet sem se importar.
Para quem não tem, ou não se interessa pelo facebook, vale apena, é um bom filme!