Assinatura RSS

Arquivo da tag: guerra

Invencível

Publicado em

invencivel_3

 

Baseado em fatos reais, Invencível, com a história de Louis Zamperini, Filho de imigrantes italianos, corredor olímpico, soldado norte americano que lutou na segunda guerra mundial. E supera todos os seus limites para conseguir sobreviver.

 

Em meio à guerra ele sofre um acidente aéreo, cai no mar e fica dias a deriva até ser capturado por um navio Japonês. Ele então é levado para Omori, um campo de trabalho forçado e como não podia ser diferente, é maltratado por um cruel comandante japonês, tendo suas esperanças minadas a cada dia que se passa.

 

O filme é composto por flashbacks que, de certa forma, quebram o ritmo do filme, e misturam alguns fatos do presente com outros do passado, infância, adolescência, o começo de sua paixão pela corrida, lembranças que justificam, ou, dão força para que Louis se mantenha firme e passe por cima de todas dificuldades enfrentadas durante essa dura jornada.

 

A parte em que ele tenta sobreviver ao acidente é a parte central da narrativa e é bastante interessante, uma vez que Jack O’Connell demonstra firmeza e uma atuação mais madura.

Já no campo de concentração, o filme retrata algumas cenas muito violentas que se repetem como num ciclo, a ponto de deixar o espectador enfadado.

 

O roteiro é dos irmãos Coen, no geral a história é cativante e emocionante, mas mesmo assim deixa algo a desejar. Não tem um grande diferencial, uma vez que já vimos inúmeras histórias reais retratadas no cinema. Sobre a direção de Angelina Jolie, podemos dizer que faltou um estilo mais definido. Ela se esforça para que Zamperini pareça um herói autêntico, mas no final das contas é apenas mais um.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Invasão do Mundo: Batalha de Los Angeles

Publicado em

Vamos lá começando pela sinopse: A terra sendo invadida por extra-terrestre com um poder de fogo muito superior ao  dos humanos um, sargento prestes a se aposentar, que perdeu parte de sua equipe em outra batalha, civis em estado de perigo, e então Los Angeles passa a ser o último posto para a humanidade numa batalha inesperada.

E então? Já viu isso antes em algum lugar? Identificou alguns clichês?

Pois eles nem começaram…

O filme tenta, mas não consegue ser em nada original, ele tenta ter um aspecto de documentário, tem alguns momentos de câmera na mão, uma montagem rápida, inserções de telejornais, mostra no início os “bastidores” da guerra mostrando os soldados na noite antes da batalha, depois começas os efeitos especiais, as aparições extraterrestres, os tiros, as bombas as explosões. Filme de ação num misto de filme de guerra, de ficção científica, repleto de clichês melodramáticos que também não funcionam.  Isso sem falar da clara tentativa de reafirmar a figura do herói militar e política de armamentos, dos estados unidos, que quase nunca vemos nos filme de Hollywood.

Os efeitos especiais são até bem feitos, mas nada extraordinariamente fantástico, assim como todo o resto do longa,  que apesar de toda ação, acaba se tornando arrastado e cansativo. Os efeitos sonoros, a fotografia, direção de arte, até que são bons, parece que se preocuparam de mais com a visualidade do filme e se esqueceram da narrativa, que não se sustenta é fragmentada e acumula erros de continuidade,

Apesar disso tudo teve uma boa estréia e acabou liderando as bilheterias dos EUA nesse fim de semana. Aqui no Brasil vai estréia a tecnologia 4k, não se animem não temos essa tecnologia disponível em BH, disponível apenas nas redes UCI, o que pode contar pontos a favor, mas para aqueles que gostam de ação e não se importam tanto com a qualidade dos filmes que assistem, pode ser um bom entrerimento.

assita o trailer:

%d blogueiros gostam disto: