Assinatura RSS

Arquivo da tag: Jason Sudeikis

Os Candidatos

Publicado em

Image

A Warner Bros. Pictures divulgou nova data de lançamento da comédia Os Candidatos (The Campaign), que estreia nos cinemas brasileiros em 28 de setembro de 2012. Além disso, disponibiliza um novo pôster, em português, em que os protagonistas Will Ferrell e Zach Galifianakis se encaram de maneira intimidadora – com destaque para a frase “São todos farinha do mesmo saco”.

Quando o experiente congressista Cam Brady (Will Ferrell) comete uma grande gafe pública antes de um período eleitoral, dois riquíssimos CEOs planejam colocar um candidato rival para ganhar influência no distrito da Carolina do Norte, onde a disputa vai ocorrer. O homem escolhido é o inocente Marty Huggins (Zach Galifianakis), diretor do Centro de Turismo local.

De primeira, Marty parece ser a escolha mais improvável, mas com o apoio de seus novos benfeitores, de um gerente de campanha arrojado e das ligações políticas de sua família, ele logo se torna um candidato com quem o carismático Cam precisa se preocupar.

Conforme a eleição se aproxima, os dois se veem em meio a um fogo cruzado, com insultos que logo viram agressões, até que tudo o que os interessa é enterrar um ao outro. A comédia traiçoeira e destruidora de lares do diretor Jay Roach (“Entrando Numa Fria”), leva o circo político da atualidade para uma nova lógica. Porque mesmo quando você acha que a ética da campanha chegou ao fundo do poço, há espaço para descer ainda mais.

 

Anúncios

Passe Livre

Publicado em

Dois casais de amigos, os homens enfrentam, digamos, a crise dos quarenta, pensam o tempo todo em mulheres e sexo, fantasiam o tempo todo, mas se sentem reprimidos pelos casamentos e sonham com a sua antiga vida de solteiro, suas mulheres não se sentem mais desejadas, resolvem então dar aos seus maridos uma semana de folga do casamento, para eles aproveitarem como quiserem; Eles então vão a caça, mas as coisas não acabam como eles planejavam…

Rick (Owen Wilson) e Fred (Jason Sudeikis), são os marido insatisfeitos, eles vêem a chance de ter uma vida libertina, mas se esqueceram que o tempo passou, e que eles estão, em todos os sentidos, fora de forma, são incapazes de cantar uma mulher de forma sutil e original.

As Esposas por outro lado, passam um tempo fora, e acabam conhecendo pessoas, interessantes, que de alguma forma mexerem com seus egos, com isso acabam percebendo que também estavam insatisfeitas com suas relações, e descobrem que esse “tempo” na relação era de fato para elas .

Ao fim de sete dias, tempo válido do passe livre, Rick sente falta da esposa e dos filhos e quando finalmente tem a chance de trais sua esposa ele resolve se manter fiel, Fred também descobre que ficar casado também vale a pena.

O longa é dirigido pelos irmãos Bobby Peter Farrelly, responsáveis também pelas comédias, Débi & LóideQuem Vai Ficar com Mary? e Eu, Eu Mesmo e Irene. Passe Livre é o décimo filme dos irmãos Farrelly, e nem por isso é o melhor deles, muito antes pelo contrário, o filme não se sustenta por si mesmo, são necessárias piadas, forçadas e escatológicas, sem contar as cenas totalmente desnecessárias que nada acrescentam no entendimento ou enredo do filme; para aqueles que entendem o humor como escatologia, é um prato cheio, já os mais conservadores, ou de humor britânico, soa como provocação.

Não que o filme seja de tudo ruim, ele é surpreendente sensível ou dotado de  impressão moral em seu final, mas eu diria que Hollywood assim como os irmãos Farrelly, já tiveram comédias de um nível bem melhor.

 

Assita o trailer:

%d blogueiros gostam disto: