Assinatura RSS

Arquivo da tag: Thor

Paramount Pictures International ultrapassa US$ 1 bilhão

Publicado em

A Paramount Pictures anunciou que o estúdio ultrapassou a quantia de US$ 1 bilhão em bilheterias internacionais, e este é um marco que o estúdio conseguiu atingir 4 dias antes do seu recorde anterior para um ano. O feito marca também o quinto ano consecutivo em que a Paramount Pictures International vê seus negócios ultrapassarem a marca de US$ 1 bilhão, tendo atingido este valor todos os anos desde o lançamento da operação internacional autônoma da Paramount em 2007.

A notícia chega quando a Paramount inicia o lançamento do altamente esperado Super 8 do roteirista/diretor J.J. Abrams e do produtor Steven Spielberg. Como o filme abriu em primeiro lugar no mercado doméstico seu excelente lançamento no mesmo dia em nove mercados internacionais fez com que os totais anuais da PPI superassem US$ 1 bilhão na sexta-feira, 10 de junho. Super 8 alcançou US$ 6,7 milhões em bilheterias, com a Austrália liderando com a excelente marca de US$ 2,7 milhões na estreia.

“Estamos imensamente orgulhosos por termos alcançado este marco quando chegamos ao meio do ano no calendário”, disse Brad Grey, Presidente do Conselho e CEO da Paramount Pictures. “Com o crescimento contínuo do mercado internacional, continuamos dedicados a levar para o público de todo o mundo uma vasta quantidade de entretenimento”.

O final de semana também viu Kung Fu Panda 2 da DreamWorks Animation, lançado pela PPI, alcançar o primeiro lugar nas bilheterias internacionais com US$ 56 milhões que fizeram com que a sequência de sucesso ultrapassasse a marca de US$ 205 milhões em bilheterias internacionais. A sequência já detém recordes como estréia número 1 de filme de animação de todos os tempos em uma série de mercados, incluindo China, Índia, Coréia, Malásia, Oriente Médio, Cingapura, Filipinas, Tailândia, Emirados Árabes Unidos e Vietnã (onde o filme registrou a maior estreia de todos os tempos de qualquer filme). O filme ultrapassou o sucesso do Kung Fu Panda original em 13 mercados, incluindo China, Coréia e Rússia.

A soma de US$ 1 bilhão da Paramount foi construída com uma forte variedade de títulos, incluindo mais recentemente Thor, da Marvel Studios. O filme de super-herói obteve US$ 259 milhões até a data em bilheterias internacionais e o Japão ainda vai estrear o filme no dia 2 de julho.

Rango, a primeira produção animada da própria Paramount, liderou os negócios do primeiro trimestre totalizando US$ 119,5 milhões em bilheterias internacionais e o Japão ainda vai estrear o filme no dia 22 de outubro.

Entrando Numa Fria Maior Ainda com a Família, o terceiro sucesso da franquia Entrando Numa Fria, arrecadou US$ 105,3 milhões de seu total internacional de US$ 162,2 milhões em 2011 e a Paramount teve dois participantes muito fortes no primeiro trimestre: o faroeste dos Irmãos Coen indicado ao Prêmio da AcademiaBravura Indômita(US$ 79,8 milhões) e a bem-sucedida comédia romântica de Ivan Reitman Sexo Sem Compromisso (US$ 77,5 milhões).

A PPI possui um grupo inigualável de filmes ainda para este verão, começando com o lançamento em 01 de julho do filme de Michael Bay Transformers: O Lado Oculto da Lua em 3D, seguido de Capitão América: O Primeiro Vingador da Marvel, no final de semana de 29 de julho. O ano então continua com Cowboys & Aliens de Jon Favreau, que será lançado internacionalmente em agosto; a atualização moderna de Footloose de Craig Brewer com estreia internacional a partir de outubro; enquanto que em 21 de outubro o público internacional se assustará com Atividade Paranormal 3, a mais recente parte da franquia de horror de sucesso esmagador e os cinemas já estão preparados para férias divertidíssimas com o filme de animação da DreamWorks Animation Gato de Botas, seguido do filme de ação do diretor ganhador do Prêmio da Academia Brad Bird, Missão: Impossível – Protocolo Fantasma, em dezembro.

Sobre a Paramount Pictures Corporation

A Paramount Pictures Corporation (PPC), uma produtora e distribuidora global de entretenimento filmado, é uma unidade da Viacom (NYSE: VIA, VIA.B), uma companhia de conteúdo líder com marcas famosas e respeitadas de entretenimento para o cinema, televisão e em formato digital. As marcas da companhia incluem a Paramount Pictures, Paramount Vantage, Paramount Classics, Insurge Pictures, MTV Films e Nickelodeon Movies. As operações da PPC também incluem a Paramount Digital Entertainment, Paramount Famous Productions, Paramount Home Entertainment, Paramount Pictures International, Paramount Licensing Inc., Paramount Studio Group e a Worldwide Television Distribution.

Anúncios

Thor

Publicado em

Acho dispensável uma sinopse longa, creio que a maioria das pessoas já ouviu falar sobre o deus do trovão, e grande parte delas esperava ansiosamente a estréia de mais uma adaptação dos quadrinhos para as telonas.

Mas para os menos nerds…

Thor (Chris Hemsworth) é um guerreiro arrogante e intempestivo, natural do reino de Asgard e veio para a terra como um exilado, pois suas atitudes levaram seu reino a romper a trégua com os Gigantes de Gelo provocando uma nova guerra; para piorar o castigo Thor perde grande parte de sua força, passa a ser praticamente um mortal comum. Nesse exílio ele conhece algumas pessoas que o ajudam, Jane Foster (Natalie Portman) e seus colaboradores, Dr. Erik Selvig (Stellan Skarsgård) e a estudante Darcy Lewis (Kat Dennings), que são estudiosos que investigam fenômenos atmosféricos. A terra, então, é invadida por forças negativas enviadas por seu meio irmão Loki (Tom Hiddleston). Nesse momento ele aprende a lição e entende o que significa ser um Herói de verdade.

Thor é filho de Odin (Anthony Hopkins), o rei de Asgard, diga-se se passagem, o veterano como sempre arrasa em suas atuações. Nosso protagonista Chris Hemsworth também foi uma escolha acertada, mas assim como Portmam é uma graça, mas nem de longe as melhores cenas são dos dois.  Colm Feore como o Rei Laufy, líder dos gigantes do gelo, também é um vilão convincente.

O visual do filme é bem legal, o design da cidade, cores, iluminação, figurinos, efeitos visuais são de encher os olhos, já o 3D não acrescenta grandes coisas à narrativa.

Se tratando de adaptação dos quadrinhos não posso dizer que é a melhor que já vi, mas também não é a pior…

De qualquer forma é um filme obrigatório aos fãs.

%d blogueiros gostam disto: