Assinatura RSS

Arquivo da tag: Bruno Mazzeo

Comédia “E aí, comeu?” leva 1 milhão de pessoas ao cinema

Publicado em

 

Produção da Casé Filmes, estrelada por Bruno Mazzeo, Marcos Palmeira, Emilio Orciollo Netto, Dira Paes e grande elenco, foi lançada em 22 de junho

O filme “E aí, comeu?” é a primeira produção do cinema nacional a conquistar a marca de 1 milhão de espectadores em 2012. Lançado há duas semanas em cartaz, o longametragem, que estreou em 510 salas, retrata a história de três amigos de infância que tentam entender o papel do homem, diante da nova mulher e, neste processo, passam por situações hilárias.

Com produção de Augusto Casé (Casé Filmes), e co-produção da Globofilmes, RioFilme, Telecine e Teleimage, o longa metragem é dirigido por Felipe Joffily e tem distribuição conjunta da Paris Filmes, RioFilme e Downtown Filmes. Baseado na peça homônima vencedora do prêmio Shell e escrita por Marcelo Rubens Paiva, o longa é uma comédia diferente de tudo que já foi visto, é a primeira comédia verdadeira sobre o amor. Rubens Paiva assina o roteiro do filme em parceria com Lusa Silvestre.

Estrelado por Bruno Mazzeo, Marcos Palmeira e Emilio Orciollo Netto, o longa conta a história do trio inseparável formado por Fernando (Mazzeo), recém-separado, que conhece uma adolescente linda, e, para sua surpresa, ela foge clichê da ninfeta ingênua, é inteligente, bem resolvida e muito madura; Honório (Palmeira), jornalista, um esquerdista à moda antiga, casado, que suspeita que está sendo traído pela mulher; Fonsinho (Emilio), escritor e conquistador de mulheres, que nunca se casou e nunca conseguiu terminar um livro.

E aí, comeu?” fala das relações que esses três companheiros tem com suas mulheres, e que é uma realidade para tantos outros homens contemporâneos na vida real, em seus relacionamentos. “Elas mudaram, conquistaram um espaço que até pouco tempo era território masculino. E eles estão tentando se encaixar nisso tudo. O filme fala disso, do homem tentando entender a nova mulher e achar um novo lugar”, comenta o diretor Felipe Joffily. Curiosamente, a ideia do filme surgiu há alguns anos quando Mazzeo e Emílio, que acabavam de terminar o casamento, passavam o Carnaval em Salvador, e reaprendiam a ser solteiros.

Além do trio de protagonistas, “E aí, comeu?” tem um elenco de peso em seu núcleo principal. Dira Paes é Leila, Juliana Schalch faz Alana, Laura Neiva dá vida a Gabi, Tainá Muller aparece como Vitória, e o cantor Seu Jorge, faz uma participação marcante como um garçom amigo do trio que tem o peculiar nome de Seu Jorge. Além deste, o filme conta com participações especialíssimas de Murilo Benício, Katiuscia Canoro, José de Abreu, Juliana Alves Barbosa e Renata Castro Barbosa completando o elenco. Um “personagem” especial é o Bar Harmonia, locação especialmente montada que funciona como o QG dos rapazes e é onde se reúnem para discutir suas diversas questões. Muito mais que um cenário, o bar faz parte da história, já é lá que boa parte da trama acontece.

 “E aí, Comeu?” é uma comédia dinâmica e séria ao mesmo tempo. Um filme que espelha os mais variados tipos de homens e mulheres. “Tudo está muito mais dinâmico, mas é inegável que todos querem encontrar alguém, namorar e ser feliz”, comenta o produtor Augusto Casé. “É como se as mulheres estivessem olhando o papo de bar dos homens pelo buraco da fechadura. Tudo aquilo que as mulheres gostariam de saber sobre o que tanto os homens conversam quando estão sozinhos”, acrescenta Casé, que de comédia pode falar com propriedade. Responsável pela produção de “Muita Calma Nessa Hora” e “Cilada.com”(maior bilheteria do cinema nacional em 2011, com mais de três milhões de espectadores), a Casé Filmes já prepara a filmagem de “Muita Calma 2” , “Os Caras de Pau” e “Cilada de Férias”.

Sinopse

Fernando, Honório e Fonsinho são três amigos de infância que, diante da ‘nova mulher’, tentam entender o papel do homem no mundo atual. Fernando (Bruno Mazzeo) é um arquiteto talentoso que acaba de ser deixado por Vitória (Tainá Muller). Ainda tentando entender os motivos da separação, conhece Gabi (Laura Neiva), uma linda adolescente. Para sua surpresa, ela passa longe do clichê da ninfeta ingênua. É inteligente, bem resolvida e muito madura. Honório (Marcos Palmeira), jornalista, é o machão à moda antiga. Casado com a linda e independente Leila (Dira Paes), ele suspeita que está sendo traído. Afinal, por várias noites, ela se arruma, deixa-o cuidando das três filhas do casal e sai, sem dar explicações. Fonsinho (Emilio Orciollo Netto) é um escritor conquistador de mulheres. Solteiro convicto, nunca se casou e nunca conseguiu terminar um livro. Sua maior crítica é a garota de programa Alana (Juliana Schalch), por quem ele acaba se apaixonando. Reunidos no Bar Harmonia, espécie de QG da turma, eles tentam resolver seus dilemas. A mesa do bar é extensão da casa dos três amigos. É lá que eles se encontram para relaxar, ver, ser visto, falar dos problemas, de trabalho, da vida e, claro, de mulheres.


Cilada.com

Publicado em

Bruno (Bruno Mazzeo) é protagonista de um vídeo que vira hit na internet – uma transa, digamos que, não muito bem sucedida, com sua namorada (Fernanda Paes Leme) – resultado de uma vingança, já que Bruno a traiu. Disposto a refazer sua reputação, o máximo que ele consegue é se meter em outras grandes ciladas.

O filme é uma comédia sobre amor e traição que mostra o poder da internet em transformar pequenas intimidades e deslizes em fama e constrangimentos globalizados.

Baseado no sitcom Cilada do Multishow, o longa segue bem a linha do programa. A trama em seus altos e baixos, até tem alguns momentos divertidos. Mas o mais engraçado dos episódios da “série”, que é a identificação que nós espectadores temos com as situações apresentadas, não ocorre no filme.  Bruno de fato se mete em ciladas, que são de certa forma, meio forçadas e que não acontecem o tempo todo na vida real,  faz com que o filme deixe bastante a desejar.

“Cilada.com”, perde um pouco o foco, é uma comédia, que concentra-se também no romance,  mas não consegue ser uma boa comédia muito menos romântica. Isso sem falar do humor de gosto no mínimo duvidoso, para não falar, de extremo mau gosto.

No mais, recomendo ficar com o programa do Multishow…

Grande Prêmio do Cinema Brasileiro – Apresentadores

Publicado em

A atriz Fabíula Nascimento e o humorista Bruno Mazzeo serão os apresentadores da cerimônia de entrega do Troféu Grande Otelo da décima edição do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro. O evento será realizado no próximo dia 31 de maio, terça-feira, no Teatro João Caetano, Rio. O portal G1 transmite a chegada dos artistas ao tapete vermelho a partir das 20h30, e o Canal Brasil exibe o evento, ao vivo, a partir das 21h. Também será possível acompanhar pelo www.canalbrasil.com.br.

 

A premiação é realizada pela Academia Brasileira de Cinema e tem o apoio da Ancine – Agência Nacional do Cinema e patrocínio do Governo do Estado do Rio de Janeiro através da Secretaria de Estado de Cultura, da Prefeitura do Rio de Janeiro através da Riofilme, e da TV Globo.

%d blogueiros gostam disto: