Assinatura RSS

Arquivo da tag: Zach Galifianakis

Birdman Ou a (Inesperada Virtude da Ignorância)

Publicado em

 birdmanouainesperadavirtude

Birdman, é uma comédia de humor  negro, que conta a história de um ator, que no passado, no auge de sua carreira interpretou  o super-herói  “Birdman”, nas telonas.  Agora ele tenta montar uma peça de sucesso na Broadway, e as vésperas da estreia ele luta com seu ego para reconquistar sua carreira e sua família.

Dirigido por Alejandro Gonzáles Iñarritu,- indicado ao Oscar por Babel – o longa,  possui um elenco bastante competente; Emma Stone e Naomi Watts estão muito bem, mas não se compara  a brilhante atuação de Michael Keaton, que em seu passado já interpretou Batman e a muito tempo não possuía um papel relevante no cinema.  Parece que, a arte, realmente, imita a vida…

Iñarritu soube conduzir muito bem a narrativa, os bastidores do teatro são retratados em planos sequências, que fluem pelos camarins e corredores dos teatros, revelam verdades escondidas como se fosse espiã. A fotografia e edição são um espetáculo a parte, foge do convencional e casam perfeitamente com a história que é contada.

Os diálogos são inteligentes, por muitas vezes sarcásticos, o filme é bem amarrado, e faz uma crítica ao mundo do entretenimento, ao cinema,  Hollywood, a Broadway, a crítica, aos atores, etc. metalinguagem muito bem construída por Iñárritu. Sem dúvida o filma faz jus a todas suas indicações ao Oscar.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Os Candidatos

Publicado em

Image

A Warner Bros. Pictures divulgou nova data de lançamento da comédia Os Candidatos (The Campaign), que estreia nos cinemas brasileiros em 28 de setembro de 2012. Além disso, disponibiliza um novo pôster, em português, em que os protagonistas Will Ferrell e Zach Galifianakis se encaram de maneira intimidadora – com destaque para a frase “São todos farinha do mesmo saco”.

Quando o experiente congressista Cam Brady (Will Ferrell) comete uma grande gafe pública antes de um período eleitoral, dois riquíssimos CEOs planejam colocar um candidato rival para ganhar influência no distrito da Carolina do Norte, onde a disputa vai ocorrer. O homem escolhido é o inocente Marty Huggins (Zach Galifianakis), diretor do Centro de Turismo local.

De primeira, Marty parece ser a escolha mais improvável, mas com o apoio de seus novos benfeitores, de um gerente de campanha arrojado e das ligações políticas de sua família, ele logo se torna um candidato com quem o carismático Cam precisa se preocupar.

Conforme a eleição se aproxima, os dois se veem em meio a um fogo cruzado, com insultos que logo viram agressões, até que tudo o que os interessa é enterrar um ao outro. A comédia traiçoeira e destruidora de lares do diretor Jay Roach (“Entrando Numa Fria”), leva o circo político da atualidade para uma nova lógica. Porque mesmo quando você acha que a ética da campanha chegou ao fundo do poço, há espaço para descer ainda mais.

 

Se Beber Não Case – Parte II

Publicado em

Em Se Beber, Não Case! Parte II (The Hangover Part II), Phil (Bradley Cooper), Stu (Ed Helms), Alan (Zach Galifianakis) e Doug (Justin Bartha) viajam para a exótica Tailândia para o casamento de Stu. Com a lembrança da despedida de solteiro quase desastrosa de Dougem Las Vegas ainda fresca – ou pelo menos bem documentada – Stu não quer se arriscar. Escolheu uma viagem com brunch pré-casamento seguro e tranquilo com panquecas, café… e sem álcool. Porém, nem tudo acontece como o planejado.

Duas noites antes do grande dia, em um resort fabuloso na Tailândia, Stu cede. Uma cerveja para cada. Em garrafas fechadas. O que poderia dar errado?

O que acontece em Vegas fica em Vegas, mas é impossível imaginar o que acontece em Bangcoc.

Se Beber, Não Case! Parte II é a sequência do diretor Todd Phillips de seu grande sucesso de 2009 Se Beber, Não Case! (“The Hangover”), que se tornou a comédia de classificação “R-rated” (restrita para menores de 17 anos) com o maior faturamento de todos os tempos e ganhou o Globo de Ouro de Melhor Filme – Comédia ou Musical.

Bradley Cooper, Ed Helms, Zach Galifianakis e Justin Bartha estrelam o filme, repetindo seus papéis de Se Beber, Não Case!. No elenco principal estão Ken Jeong e Jeffrey Tambor, que participaram do primeiro filme e, juntam-se ao grupo, Mason Lee, Jamie Chung e o indicado ao Oscar® Paul Giamatti.

Phillips dirigiu o filme a partir do roteiro que co-escreveu com Craig Mazin e Scot Armstrong e o produziu, junto com Dan Goldberg, através de sua produtora Green Hat Films. Thomas Tull, Scott Budnick, Chris Bender e J.C. Spink são os produtores executivos e David A. Siegel e Jeffrey Wetzel os co-produtores.

Nos bastidores, a equipe criativa foi liderada pelo diretor de fotografia Lawrence Sher, o diretor de arte Bill Brzeski, os editores Debra Neil-Fisher e Mike Sale, o figurinista Louise Mingenbach e o compositor Christophe Beck.

Com o lançamento brasileiro previsto para 27 de maio de 2011, Se Beber, Não Case! Parte II é uma apresentação da Warner Bros. Pictures, em associação com a Legendary Pictures e será distribuída pela Warner Bros. Pictures, uma empresa da Warner Bros. Entertainment Company.

Se Beber, Não Case! Parte II, é um filme bem irônico, que seguiu a bem sucedida fórmula da parte I, e por isso mesmo não traz nenhuma grande novidade, os mesmos personagens na mesma situação, só mudou de cidade, talvez a cidade agora seja mais adequada, por ser mais caótica que a primeira, o que reflete, o “lado negro” das personagens que se permitem fazer coisas que em sã consciência jamais fariam.

Eu particularmente não gosto de comédias, portanto não achei muita graça no filme, como sempre existem situações absurdas e piadas, um tanto quanto apelativas e nudez desnecessárias, mas pra quem acha graça nesse  tipo de coisas é um prato cheio.

As personagens principais,  Phil, Stu e Alan, são três idiotas, mal resolvidos, infantilizados, reprimidos, e cheios de medo cada um com suas particularidades. Galifianakis (Um Parto de Viagem) tem potencial, mas temo que ele fique conhecido como ator de um papel só.

%d blogueiros gostam disto: